Moontera
Homem na Lua EUA

Rússia quer investigar se o Homem foi mesmo à Lua entre 69 e 72

Por Tiago Araújo a 18/Jun/2015

Depois do escândalo Fifa, provocado pelos EUA, a Rússia contra-ataca e volta a desconfiar que o Homem e os EUA tenham ido à lua entre 1969 e 1972

A duvida é lançada pelo jornal russo Izvestia, que tem como porta-voz o comité de Investigações da Rússia, Vladimir Markin. O mesmo aponta a falta de determinados pormenores para causar a duvida, se o homem foi mesmo à Lua nos anos de 1969 e 1972.

A investigação russa irá focar-se nos aspectos mais obscuros das missões Apollo, que são dois pontos, o desaparecimento das filmagens originais da missão, referentes à aterragem na Lua de 1969, bem como o desaparecimento dos 400 KG de solo lunar que foram obtidos durante as missões Apollo entre 69 e 72. Muitas são as teorias de que a primeira ida do Homem à Lua não tenha passado de uma farsa. O objectivo desta farsa era levar a União Soviética à falência, na tentativa de alcançar o mesmo, ou maior feito, isto claro, durante o ambiente competitivo da guerra fria. Existem várias teorias, apontando várias falácias da viagem à lua por parte dos EUA, mas estes dois pontos abordados por Vladimir Markin são pontes de sim, ou, não. Evitando assim as justificações da Nasa. Ver vídeo em baixo.

Todas estas duvidas partem depois da investigação dos EUA sobre a FIFA. Os russos sentiram-se desta investigação, não por serem eles os acusados, mas por estar em risco a realização do Mundial de Futebol Fifa de 2018 na Rússia. Uma das acusações do EUA sobre a Fifa está precisamente na corrupção que originava troca de favores. O mundial do Qatar de 2022 é o maior e melhor exemplo. O Mundial da Rússia também não escapa desta comparação.

Categoria: Astronomia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *