Moontera
Venezuela iphone 6

Um iPhone 6 na Venezuela custa mais de 36 mil €

Por Tiago Araújo a 22/Jun/2015

Mercado de smartphones na Venezuela está a diminuir em quase 50% e um iPhone 6 custa mais de 36 mil €, perceba o que se passa neste país da América Latina

Esta é a história contada pelo site Bloomberg, a Venezuela vai contra a maré de crescimento do mundo mobile na América Latina. Em 2012 o país vendeu 9 milhões de smartphones, em 2015 espera-se que venda apenas 4.9 milhões unidades. É uma queda de 46%. A explicação não é única, a Venezuela é um país onde o crime compensa, onde os preços dos produtos estão sobrevalorizados e onde comprar um smartphone de topo é um risco e um luxo.

Num país onde o petróleo representa 95% das exportações, e após um ano de 2014 em que o petróleo perdeu muito valor, a Venezuela vive momentos de dificuldades. Os controlos apertados do governo também não ajudam, os fornecedores de dispositivos tem de passar todos pela Venezuela Telecom, antes colocarem os smartphones nas suas prateleiras. Esta dificuldade é ainda maior para lojas pequenas de venda de smartphones. Devido à falta de stock estes comerciantes estão a focar os seus serviços na reparação de smartphones.

O crime também não ajuda. Exibir um smartphone de topo nas ruas é a mesma coisa que se tornar um alvo de assaltantes. E se quiseres comprar outro modelo de topo após o assalto, o preço deles é exorbitante. O Mercado Livre da Venezuela está a vender um iPhone 6 de 16GB por mais de 36800€, 288.999 bolivianos, moeda local. O salário mínimo na Venezuela é de 7421 bolivianos. Um iPhone 6 custa quase 39 vezes um salário mínimo.

Devido a estes problemas, é hoje difícil encontrar os últimos modelos de topo em lojas na Venezuela, o que torna ainda mais aliciante a criminalidade destes dispositivos.

Via Bloomberg

Categoria: Noticias

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *