Moontera
Bing logo

Microsoft desafia Google com o Bing Vídeos, uma pesquisa melhorada do Youtube

Por Tiago Araújo a 22/Jun/2015

A Microsoft tem mudado radicalmente a sua politica de investimento. A aposta em software é cada vez mais clara, a nova actualização acontece na pesquisa de vídeos do Bing, que usa o Youtube como nem o próprio faz.

Combater o Youtube não é tarefa fácil. A plataforma tem investido bastante no vídeo, recentemente anunciou o Youtube Gaming e o Youtube Newswire, ambos canais dedicados a mercados específicos. Por isso a Microsoft não deve estar a pensar em criar um rival para o site de vídeos da Google, em vez disso, a empresa do Windows actualizou a pesquisa de vídeos do Bing. Esta actualização não torna a pesquisa exclusiva do Youtube, mas a maioria dos resultados apresentados são dessa rede social de vídeos do Google.

A apresentação do conteúdo da pesquisa varia de país para país, até porque o Bing está mais e melhor desenvolvido em países de língua inglesa. Cá em Portugal apesar de não ser tão bom quanto a pesquisa em países como UK, ou, EUA, o Bing Vídeos já demonstra algumas vantagens face à pesquisa do Youtube. Primeiro apresenta muitos mais resultados por página. Apresenta informações sobre vídeo, canal, data de publicação, duração do vídeo, site onde está alojado e consegue ainda apresentar um pequeno preview do vídeo quando pousa o rato sobre o Thumbnail. A única desvantagem é que não apresenta os thumbnails definidos pelos utilizadores do Youtube.

Bing vídeos

A pesquisa de vídeo do Bing possui também filtros, onde além dos já tradicionais data, tamanho, preço e resolução, permite também aplicar um filtro por rede social. No Bing pode pesquisar apenas vídeos do Youtube, do Dailymotion, Myspace e do Metacefe.

A reprodução dos vídeos fica dentro do motor de pesquisa Bing. Este que consegue ainda sugerir outros vídeos relacionados, provenientes de várias fontes além do Youtube. A reprodução de vídeos automática também está presente no Bing vídeos.

Categoria: Microsoft

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *