Moontera

Adolescente é assassinado ao rastrear smartphone perdido

Por Tiago Araújo a 19/Jun/2015

Infelizmente é uma situação que se está a tornar comum. As pessoas estão a entrar em conflitos após rastrearem o smartphone perdido com aplicações como Find My iPhone da Apple.

Um adolescente no Canada foi assassinado quando tentava recuperar o smartphone que tinha perdido. O adolescente encontrou o seu smartphone utilizando a aplicação de rastreamento do equipamento. Jeremy Cook de 18 anos foi baleado depois de encontrar o rastro do seu smartphone. O crime passou-se no passado Domingo.

Ao que se sabe, Jeremy Cook tinha-se esquecido do smartphone num Taxi. Como grande parte dos utilizadores de smartphones, Jeremy tentou localizar o smartphone através de software especializado que veio com o equipamento. Praticamente todos os sistemas operativos possuem esta possibilidade. O Find my iPhone da Apple é das mais populares. Jeremy e a irmã seguiram e encontraram o rastro do smartphone perdido.

Segundo a NBC News, a aplicação de localização levou Jeremy e a irmã a um parque de estacionamento, onde se encontravam 3 homens. Na tentativa de recuperar o seu smartphone Jeremy envolveu-se em conflitos com os 3 homens. Estes tentaram escapar de carro da zona, mas Jeremy foi persistente e tentou impedir o motorista de escapar. Foi baleado várias vezes nessa tentativa. Quando as autoridades chegaram ao local já se encontrava morto. Tudo se terá passado por volta de 5 de manha.

morte ao rastrear smartphone

Posteriormente o carro foi encontrado abandonado, com o smartphone de Jeremy no interior. As autoridades alertam para não tentarem recuperar o smartphone sem a ajuda das autoridades caso sintam que o cenário possa ficar violento. Vários casos semelhantes já ocorrem, alguns deles onde pessoas inocentes foram acusadas e agredidas pelos proprietários angustiados em busca do gadget perdido. Outros cenários relatam que pessoas armadas com martelos tentam recuperar os seus smartphone roubados, ou, perdidos. É apenas um smartphone, rematam as autoridades.

Categoria: Noticias

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *