Moontera
Sony Wikileaks

WikiLeaks revelou 276,394 novos documentos sobre a Sony

Por Tiago Araújo a 20/Jun/2015

A Sony não tem descanso e desta vez é (novamente) o WikiLeaks a revelar uma grande quantidade de documentos comprometedores sobre a Sony.

O WikiLeaks voltou a preencher a sua base de dados com novos documentos sobre a Sony, mas precisamente o estúdio de cinema da Sony, conhecido por Sony Pictures. Em Abril passado o WikiLeaks já tinha publicado vários emails sobre a Sony. Esses emails revelaram várias informações da empresa sobre processos de tomada de decisão, informações de funcionários, discrepâncias nos salários entre actores masculinos e femininos, bem como comentários racistas e depreciativos feitos por executivos da Sony.

Estes novos documentos que o WikiLeaks publicou sobre a Sony contêm informações sobre calendários, planeamento de eventos e relatórios de despesas da Sony Pictures. Apesar de o impacto destes documentos corporativos ser menor do que os emails formais da Sony, a empresa está naturalmente irritada com este ataque continuo do WikiLeaks. A Sony já estava a investigar uma possibilidade de atacar o WikiLeaks legalmente desde da primeira fuga de informação.Tendo em conta o efeito nulo que um caso legal tem no WikiLeaks, a empresa Japonesa considera agora uma tentativa de pressionar o Twitter, para eliminar as contas referentes ao WikiLeaks. Estas fontes de informação têm propagado ainda mais os documentos e informações nele presentes.

O WikiLeaks criou uma landing page dedicada ao caso Sony, de forma a facilitar a pesquisa dos documentos e emails.

Categoria: WikiLeaks

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *